Image Map

terça-feira, março 1

BE: Maníaco

ANÁLISE DO ENREDO.

  • ENREDO
Acho que você não está dando importância suficiente para o que de fato é polêmico na sua história: o cara é um assassino. Eu não entendi muito bem os motivos dele (ele é do tipo serial killer ou matador de aluguel?). O mais importante disso é você destacar justamente a vida que ele leva e de onde isso tudo surgiu.

Como é a Chloe? Ela sabe o que ele é e o que ele faz? Ela aceita a vida que ele leva? Por que ela sustenta sentimentos por ele? Se sim, ela provavelmente lembraria um pouco da Arlequina, com sua obsessão pelo Coringa. Eu não entendi essa personagem e achei confusa a relação dela com o Adam.

O encontro de Adam com Lucy pela internet dá margem para várias coisas que você precisa desenvolver:
1) A vida da própria Lucy, não esqueça que você precisa traçá-la de maneira concisa e coerente;
2) Onde eles se encontraram na internet, como se conheceram e o motivo dos dois estarem no mesmo local (pois isso significaria que eles têm algo em comum ou estão na internet em busca da mesma coisa);
3) De onde essa obsessão dele por ela vem, o motivo que faz ele ficar tão fascinado por ela a ponto de sequestrá-la (e isso vai depender de como você traçar a personalidade dele, se de maneira leve ou mais profunda);
4) Se a Lucy estiver em idade escolar, isso é mais um problema que você não pode ignorar e precisa colocar tudo dentro de uma realidade cabível;
5) Você precisa traçar bem a relação da Lucy com o pai, pois isso será reflexivo na forma como ela lida com Adam (outro homem complexo na vida dela);
6) Você traçou Daniel como vilão da história, embora eu ache que esse enredo não necessita de vilões, afinal, o vilão já é o próprio Adam. Daniel nesse papel seria redundante e desnecessário.

DICAS
Eu acho que você não precisa dar a importância para Chloe que planeja dar, não há necessidade dela existir, afinal, todas as carências que Adam têm, precisam ser supridas por alguém, e esse alguém deveria ser a Lucy, aproveitando o gancho para ser um motivo a mais para ele se apegar com ela.
Daniel poderia ser o oposto do que você pretende fazer, especialmente porque Adam precisa de um aliado, seria interessante que fosse o próprio irmão.
Não esqueça também de desenvolver uma storyline legal para o Pietro e motivo dele e o pai terem sumido da vida de Lucy.
Não narre essa história em primeira pessoa.

Nota para o enredo:  8,0 | 10

  • CLICHÊ

Não há exatamente um clichê muito escancarado na história, talvez o fato da Lucy ser uma "adolescente problema". Talvez seja difícil pra você manter o ritmo da história sem tirar o foco real do enredose colocar ela como uma criadora de caso.

DICAS
Não a transforme numa menina perfeita (pelo amor de Deus!), mas talvez que você a aproximasse mais da vida sofrida que ela leva, que levasse em consideração a ausência masculina em sua família para moldar a personalidade dela de alguma forma. É um desafio, eu sei, transformar uma personagem comum em cativante aos olhos do público, mas não a deixe muito surreal.

Nota para o clichê:  9,0 | 10

  • PERSONAGENS
Como comentei com você, acho que alguns personagens são supérfluos, mas diria para você trabalhar com cuidado a personalidade do Adam. Fale bastante do pai e da relação que ele tinha com ele, acho fundamental que você trabalhe laços de família para definir personalidade.

DICAS
Se você não pretende dar um final feliz, eu te aconselharia a fazer o Adam exatamente como você descreveu no título: um maníaco. Mas aprofunde isso, mostre cicatrizes psicológicas, problemas reais nele (talvez até mesmo uma leve esquizofrenia ou bipolaridade... Num nível ainda mais alto, complexo e interessante: que ele tenha Transtorno de Personalidade Múltipla, seria muito interessante isso!).

Nota para os personagens:  9,0 | 10
MÉDIA: 8,6| 10


Image Map