Image Map

domingo, fevereiro 12

CF: Summer Love




Summer Love
Link da fanfiction


Sinopse: Mudanças são capazes de abalar até mesmo a pessoa mais forte. Violet lutava contra a depressão que tentava, a todo custo, tornar a afundá-la em um mundo de escuridão, e sua amiga percebera isso, decidindo convidá-la para uma louca viagem, sem destino e sem preocupações, apenas elas duas. Em cada parada elas tinham uma nova história, e em uma dessas, elas se deparam com Justin. Violet, a principio, sentiu-se fascinada pela beleza do jovem e estranhou o sentimento que se instalara em seu peito, parecendo preencher todo o vazio que ela sentiu durante anos. Não havia como controlar o amor ardente que nasceu, mesmo que eles soubessem que assim como o verão acaba e o outono começa, o amor também pode chegar ao fim.

Design 

Hey baby, desculpa minha demora, de coração e.e
Mas espero muito que goste e que não deixe de comentar.
Lembre-se que tudo aqui é dito com intuito de ajudar <3

Aparência
(Capa, Sinopse)


  • Capa: A capa me traz uma melancolia e nostalgia, tanto pelas cores como pelas fotos, e é apenas perfeito para sua fanfic. Seja porque amores de verões sempre parecem tão nostálgicos, seja pela condição da personagem principal. Além disso, é muito bem editada e tudo tem seu devido destaque. (1,5)
  • Sinopse: No seu pedido, a sinopse original era um trecho de música, ainda bem que isso foi mudado, não é mesmo? Em um geral, a estrutura da sinopse é boa, passa bem a história, tem sua frase de efeito e é convidativa, porém, tem uns errinhos nela; Alem da pontuação e o tempo verbal (não estão errados, mas não estão em harmonia com as outras frases), você usou o termo "tornar a afundá-la", ao substituir o termo "voltar" (a ideia original da frase), tornar tem o sentido de 'devolver' ou 'retomar', logo, ficaria sem sentido falar "devolver/retomar a afundá-la". Nada muito sério, fiz uma breve correção abaixo, em vermelho, só fique mais atenta. (1,0)

Mudanças são capazes de abalar até mesmo a pessoa mais forte. Violet lutava contra a depressão que tentava, a todo custo, voltar a afundá-la em um mundo de escuridão. Sua amiga percebendo isso, decidiu convidá-la para uma louca viagem, sem destino e sem preocupações, apenas elas duas. Em cada parada elas tinham uma nova história, e em uma dessas, elas se deparam com Justin. Violet, a principio, sentiu-se fascinada pela beleza do jovem e estranhou o sentimento que se instalara em seu peito, parecendo preencher todo o vazio que ela sentiu durante anos. Não havia como controlar o amor ardente que nasceu, mesmo que eles soubessem que assim como o verão acaba e o outono começa, o amor também pode chegar ao fim.

Nota: 2/3



Ortografia
(Gramática, Pontuação, Coesão Textual, Repetições)

A escrita é boa, não tem nenhum erro gritante. Agramática é bem corrigida, com alguns deslizes em pontuação aqui e ali, mas nada que prejudique a leitura.
O que acho que você deve pensar mais, são os conectivos. Construir melhor a junção entre os parágrafos ajuda a leitura fluir melhor. E, com tantas falas, as vezes eu subi ao último parágrafo pra me situar, porque eu perdi a conexão. Isso é questão de prática, com o tempo eu acredito que você tenha potencial de deixar a leitura mais fluída.

Nota: 3/4

Enredo
(Criatividade, Desenvolvimento da História, Narrativa)

Vamos lá. Você escolheu um tema bem delicado, a depressão. Acho importante dar representatividade para esses temas, explorar e desenvolver um personagem. Porém, faltou pesquisa a você, já no primeiro capítulo eu me senti incomodada com a abordagem. Esse é um tema a ser tratado com sutiliza, você não joga a expressão "droga, acho que estou ficando deprimida de novo", até porque a depressão é uma doença crônica, com picos de desânimo, enfim. Quem sofre disso tem diversos sintomas, não só a tristeza em si, então quando a personagem está na beira do penhasco, é mais interessante abordar isso - como a insônia, ansiedade, introspecção, do que chegar e falar "ata, tô deprimida". Estamos combinadas? Tenha muito cuidado em não usar só esteriótipos. Pessoas com depressão não estão só tristes, estão na verdade sufocadas de pensamentos, ansiedades, confusões e lutando sempre, a tristeza as vezes é o de menos com tantos sintomas que essa desordem provoca :(

Vi que é sua primeira fanfic nas notas, então tô aqui dando esse aviso. Leia, pesquise, aprofunde-se nisso. Tenha propriedade para escrever, não transforme sua personagem em alguém raso e definido pela sua doença.

A narrativa é gostosa de ler, você aposta na quebra da quarta parede e eu consigo me prender rapido a personagem, despertando assim o desejo de continuar. Porém, devido ao que disse acima, eu não fui capaz de me envolver aos seus pensamentos e sentimentos, me falta uma profundidade, olhar para as palavras e me sentir conectada. Tem muitos diálogos, não que seja ruim, mas senti falta dos pensamentos; Tem mais fala que pausas para os pensamentos, considero isso algo ruim, que empobrece uma história, ainda mais em uma personagem que deve ter uma introspecção. Lembre-se que é a narrativa que conta uma história, não diálogos.

Sobre o desenvolvimento, sua história tem aquele bom pé no clichê e nesse tema, eu acho que é gostoso até de ter essa sensaçãozinha clichê. Mas você tem também potencial de fazer ela ir além do básico. Aposte na construção dos seus personagens, explore esse aspecto da história. Todos amam ler um romance clichê de verão, mas o depois é sua chance de fazer diferente. Até porque, a personagem irá mudar após isso. Vai se tornar mais confiante, ou mais frágil? O quanto o Justin a tocou? O quanto ela está disposta? O que ela fará ao correr atrás? Desistir ou manter-se firme? Descobrir outro alguém ou idealizar pra sempre um romance perfeito? Questione-se e decida isso, assim, ao continuar com a história, você terá um desfecho diferente e firme.

Nota: 1/2


Avaliação Geral
(Avaliação de Banners/Playslist, Dicas para o autor, Comentário Final.)

Para uma primeira história, achei uma leitura gostosa, com um bom desenvolvimento e boa escrita. Creio que daqui pra frente, a tendência é que cresça e escreva com mais confiança e propriedade. Nunca deixe de aprofundar-se em seus temas, leia muito, pense muito, anote bastante. Construa bem as personalidades dos seus personagens, construa mais de uma faceta e mantenha-se fiel a elas. Jamais finalize algo se desafiar e contrariar a personagem que você construiu ao longo do tempo.

Sobre os gifs do começo, gosto de ter essa introdução, eles encaixam com a história, mas procure desenvolver um banner, além de lhe disponibilizar um título e outros elementos da história, ficam todos no mesmo tamanho e ajuda no meu TOC <3 

Nota: 1/1

Somatório: 07/10





Image Map