Image Map

sábado, fevereiro 18

CF: Twenty-Two



Twenty-Two

Sinopse: Sempre existe um momento de nossas vidas que traçamos planos que queremos realizar de acordo com nossa idade. Muitas vezes esses planos são adiados ou acontecem antes do previsto, mas a verdade é que nada disso podemos controlar.
Esse relacionamento de nenhuma maneira estava em seus planos, mas não se pode controlar o destino, muito menos um coração apaixonado.
Dizem que o amor deve aprender a superar tudo, mas esquecem que somos humanos e que nem sempre conseguimos seguir em frente, Brian e Taylor precisam decidir de que maneira o amor deles vai superar sonhos tão diferentes e distantes um do outro.
(Para conferir as informações, basta clicar nos links)

Hello sweetheart, tudo o que foi dito nesta crítica tem o
intuito de auxiliar você na construção de sua história.


Aparência
(Capa, Sinopse, Trailer)


  • Capa: A capa é de qualidade excelente possuindo imagens em boas resoluções, e escritas legíveis. Possui a paleta de cores exata para o assunto que trata, o preto e branco fazendo tanto alusão aos flashbacks que acontecem durante a história, tanto quanto ao elo que une o amor dos personagens (rock n’ roll), sentimento este sendo representado pela cor vermelha, que magistralmente os envolve.  (Vale 1 - Nota: 1)
  • Sinopse: A sinopse é forte, passa a real ideia do enredo que a fanfic aborda, sem dar muitos detalhes ao leitor, o que indiretamente força a sua leitura. Em particular faria as seguintes alterações: (Vale 1 - Nota 0,7)
“Sempre existe o momento em nossas vidas que traçamos planos. Muitas vezes eles são adiados ou acontecem antes do previsto, mas a verdade é que não os temos sobre controle. Ele não era parte de seus planos, mas não se pode controlar o destino, muito menos um coração apaixonado. Dizem que o amor deve aprender a superar tudo, mas esquecem que nem sempre conseguimos seguir em frente, Brian e Taylor precisam decidir de que maneira o amor deles vai superar sonhos tão diferentes e tão distantes um do outro.”
  • Trailer: O vídeo possui uma qualidade boa, mas poderia ser melhor. As imagens, em certas partes perdem o foco (ficam borradas), gostaria que se atentasse a duração do trailer, em média esse material deve conter 02 minutos. Por ser um vídeo muito longo pode despertar o desinteresse do leitor. A trilha sonora é muito boa, creio que a música conseguiu se encaixar perfeitamente no tema abordado. (Vale 1 - Nota 0,5).


Nota: 2,2/3 Nota
Ortografia
(Gramática, Pontuação, Coesão Textual, Repetições)


Há erros na escrita, palavras escritas de maneira errada e uma falta de atenção nas pontuações, além de repetições ao longo de todo um parágrafo. Mas, não é nada grave.
Na hora da explosão de ideias, é normal se empolgar e escrever a primeira coisa que vem na mente, contudo, é necessário prestar atenção. Reler cada parágrafo antes de seguir para o próximo, para que haja certeza se é realmente aquilo o que se deseja passar.
Prestaria mais atenção nos diálogos, que são parte do ponto forte da fanfic, uma vez que através deles podemos conhecer mais as características psicológicas dos personagens, falas muito longas necessitam de pausa, descrever a maneira com que o transmissor está se comportando.
Encontramos assim na fanfic (capítulo 4)
“ – Eu estou desde aquela hora atrás de você, e você ficou aqui?”
Quando poderia ser substituído por:
“ – Eu estou desde aquela hora atrás de você - soltou as palavras preocupado, a testa franzida e o lábio trêmulo – E você ficou aqui? – ele realmente estava possesso”.
O texto possui coesão, foram poucas vezes em que pude notar falta neste quesito. Toda a história está costurada de maneira devida, possuindo uma harmonia de palavras e ideias.
Nota: 1,8/4


Enredo
(Criatividade, Desenvolvimento da História, Narrativa)


A história possui um enredo criativo, a disputa de interesses é o ponto chave fanfic.
Taylor é uma mulher decidida, nada e muito menos ninguém tira de sua cabeça os ideais que defende.  A personagem possui uma conduta respeitável, mostra que apesar de ser uma grande estrela não perde a humildade, contudo, muitas vezes passa a ideia que está se esforçando demais para ser a menina rebelde, quase como se não fosse natural. Além de que, falta representatividade em sua personalidade de mulher forte e decidida, custa-se a crer naquilo que a personagem tenta passar para o leitor, no final das contas, a impressão que se mantém é a que, ela, não passa de uma menina mimada.
Brian é um grande mistério, não se sabe muito sobre o seu passado (com exceção de Michelle, que faz perfeitamente o papel de megera), entretanto, conseguimos nos envolver com o seu charme. Mas, possui um temperamento explosivo; a cena da briga na cozinha (capítulo 2) é a prova viva disso, uma forma de romantizar um relacionamento abusivo? Aconselho a estudar mais sobre o assunto, as atitudes do personagem principal beira a agressividade e possessividade, anda em uma corda bamba entre ser bad boy ou possuir sérios problemas psicológicos.
Gostaria de chamar a atenção para a cena em que temos o Papa Gates acordando do coma, uma parte em que se poderia ter trabalhado tanto o ambiente,quanto os personagens, mas que na verdade ficou vago. Não há credibilidade, assim como em diversos atos da história.
Os outros personagens são confusos e caóticos, não se sabe muito sobre eles e diversas vezes suas personalidades se confundem, assim como a linha temporal que não segue lógica alguma.


Nota:0,9/2

Avaliação Geral
(Avaliação de Banners/Playslist, Dicas para o autor, Comentário Final.)


A autora poderia trabalhar mais o desenvolvimento psicológico dos personagens, sem causar grandes problemas na trama; procurar o auxílio de uma betagem para que os erros de ortografia possam ser corrigidos.
Aconselho a pesquisar mais sobre os temas: relacionamento abusivo, romantização de distúrbios psicológicos e depressão. Visto que a história os trata com certa banalidade.
Não basta desenvolver os personagens, quando não se sabe nada sobre o cenário. Tudo o que os integra, cores e cheiros. Descrever as sensações para que o leitor possa se sentir naquele momento.
É necessário tratar os temas com mais veracidade, os aproximando ao máximo de nossa realidade e, desta forma, dos leitores
Os banners nos primeiros capítulos são extremamente adoráveis


Nota: 0,4/1
Somatório: 5,3/10

Image Map