Image Map

terça-feira, janeiro 20

BE: Beautiful Mistake


Olá querida, desculpe por ter demorado tanto para começar sua betagem de enredo, admito que passei um bom tempo ouvindo as músicas do 1989 e perdendo meu foco. Mas, ok, vamos começar.

ENREDO

Quando li seu resumo e percebi que seria aquela típica fanfic criminal me deu um tédio enorme… Até perceber que você não estava escrevendo uma ‘Soul Rebel’ na categoria One Direction. Geralmente, ninguém consegue sair do clichê inicial quando vai escrever algo assim, é sempre um integrante que é o mafioso, ladrão de bancos ou criminoso (whatever), tem sempre a garotinha, normalmente virgem e pura, que se apaixona pelo ‘problema’ e a história vai se desenvolvendo com muito sexo, drogas, violência contra a mulher (personagem principal aceita os socos como uma declaração de amor) e por aí vai. O que gostei de sua fanfic é que ela quebra tudo isso.

O que posso te dizer sobre esse assunto é:
Leia sobre vários assuntos policiais e se quiser levar a sério mesmo poderia procurar alguns casos da região, veja também como é o comportamento dentro de uma delegacia. Algumas séries podem te ajudar com isso como ‘Chigaco P.D’, ‘Law & Order’, ‘Law & Order: SVU’, ‘Gotham’, ‘Elementary’ e mais um monte.

Desde o início, você tem que mostrar um interesse além da amizade do Liam com a Kelsey, porque se eles só trocavam algumas palavras ele não a conhece tão bem assim, logo isso faz dele apenas um conhecido e conhecidos não saem comprando brigas dos outros, então faça que exista uma sede de fazer com que os outros acreditem e, principalmente, que ele acredite na inocência dela.

A relação dela com o pai tem que ser mais intensa, já que, pelo que entendi, não teve uma mãe presente durante a infância dela.

DICAS

Não deixe muito dramático. Sim, é uma história intensa e cheia de acontecimentos tristes, mas não faça um daqueles parágrafos enormes contando todos os sentimentos confusos que os personagens sentem, tenha mais calma em coisas assim.

Escolha um tipo de narração e fique nela. Não comece em 3º pessoa e depois passe para a 1º, se quiser utilizar da 3º pessoa permaneça nela. Na minha opinião, essa fanfic seria melhor narrada em 3º pessoa do que na 1º pessoa, você vai ter que descrever muitas coisas e talvez queira analisar na visão de outros personagens, por isso minha preferência pela 3º.

Deixe o suspense permanecer por muitos capítulos. Obviamente, não faça como ‘Pretty Little Liars’ e arraste um quesito especial por cinco temporadas, mas durante a fanfic inteira ou parte dela faça com que ninguém entenda o que está acontecendo e tente fazer o seguinte:
Comece um capítulo resolvendo um acontecimento em especial (de preferência algo que você mostrou no capítulo passado), por exemplo, colocaram fogo em um hospital, no fim capítulo você mostra algo como, a cena do crime estava com DNA de uma certa pessoa e aí deixa isso se arrastado por quantos capítulos quiser.

Foque na investigação. Prefira ver a fanfic pelos olhos do Liam, assim você tem mais material para trabalhar e não fica algo tão depressivo. O imagine bebendo café com licor e passando madrugadas acordados mexendo em arquivos que não deveria mexer, só não baseie tudo em pensamentos, o coloque falando em voz alta e enlouquecendo também, porque conciliar poucas horas de sono e trabalho é complicado.

A questão “X”. Foi dito no resumo sobre uma certa reviravolta, portanto pense assim quem viveu sempre no crime tendo que ser cruel, não se transformar em bonzinho do nada, logo não faça tais discursos emotivos demais e deixe sempre aquele toque do personagem ali, por exemplo, falar algo tão lindo como “você é especial e eu te amo” e acrescentar “continuo sendo mais inteligente”, coisas do tipo.
Nota para enredo: 8,0 | 10,0

CLICHÊ

Sou do tipo que odeia um clichê, mas acaba lendo um monte e o que gostei da sua fanfic foi o modo que fugiu do clichê de uma história criminal. O problema é que o Liam realmente precisa ter uma relação maior com ela, nem que seja um amor platônico ou só parceiros, como disse ninguém compra a briga de um conhecido. É uma história criminal que não se baseia em um relacionamento tedioso e você conseguiu construir uma coisa maior em tudo isso, então, basicamente, sua fanfic foge de todos os clichês maiores.

Nota para clichê: 9,0 | 10,0

·          PERSONAGENS

O Steve deve ser perturbado pelas coisas que aconteceram no passado e um pai protetor. Nós temos, mais ou menos, cinco personagens que a atenção vai ser mais forte (Liam, Kelsey, Steve e Alisha) acredito que a personalidade deles tem que ser bem diferenciada e você tem que tomar cuidado para não deixar, por exemplo, a Kelsey como “A” badass e o Liam como um estúpido policial apaixonado ou o Steve como um perturbado de uma maneira louca, sem contar que a Alisha foi separada da família, então você deve decidir se o mafioso vai contar para ela ou não.

Não tente deixar alguns personagens, como Alisha, emocionais demais e sempre foque em suas personalidades, no que sabem de suas vidas, o que aprontaram e como foi o passado deles.

DICA

Nome do mafioso. Pensei em vários e vou deixar algumas opções aqui, assim como um site que me ajuda MUITO na hora de escolher nome de personagens, eles selecionam nomes de acordo com a nacionalidade que você seleciona. Behind the Name

Tom; Kevin; Alessandro; Patrick; Parker; Jonathan; Joshua; Josh; Henri.
Poderia colocar o nome de um dos integrantes da One Direction também.

Nota para personagens: 9,5 | 10,0


MÉDIA: 8,55 | 10,0


Espero que tenha gostado ><




Image Map